terça-feira, 25 de setembro de 2012

Dica de Livro: @mor

Olá meninas,

Como vocês estão?
Depois do grande sucesso da minha primeira resenha (A Última Carta de Amor - Jojo Moyes), pensei em sempre resenhar os livros que eu lia, mas vi que não era tão fácil...
Não sei se as minhas amigas blogueiras literárias concordam comigo, mas para conseguir resenhar um livro, você tem que ter criado um vínculo com ele, um sentimento, uma cumplicidade, só assim a resenha conseguirá transmitir TUDO o que aquela leitura transmitiu para quem a escreveu.
Depois de várias leituras, consegui sentir essa sensação de resenha com o livro @mor do autor Daniel Glattauer. 
@MOR - Daniel Glattauer
Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. A expectativa é uma faca de dois gumes e a realidade pode não estar à altura. A tradição dos romances epistolares, compostos exclusivamente de trocas de cartas, é antiga na literatura ocidental. O primeiro livro com estas características, o espanhol Prisão de amor, de Diego de San Pedro, data de 1485. No século 18, o gênero se tornou popular, com clássicos como Ligações perigosas, de Choderlos de Laclos, Clarissa, de Samuel Richardson, e O sofrimento do jovem Werther, de Johann Wolfgang von Goethe. O austríaco Daniel Glattauer dá nova vida à tradição epistolar em @mor, primeiro de dois romances que exploram um relacionamento sustentado basicamente em trocas de e-mails. Romance de estreia de Glattauer e campeão de vendas na Alemanha e na Espanha, o livro explora, sob roupagem moderna, sentimentos familiares a amantes de todas as gerações. 
Queria muito ler esse livro desde que vi os primeiros comentários sobre ele na blogosfera, até que ganhei ele na #promo do Blog Sempre Romântica da querida Leninha (Obrigada mais uma vez!).

Quando livro chegou, o deixei um pouquinho de lado (faculdade atrapalhando!), mas quando comecei a leitura....terminei! O livro flui tão rápido, é como ler um email um pouco longo.
A interessante história contada por Daniel começa um pequeno mal entendido que se transformou numa relação um pouco diferente entre o "psicólogo da linguagem" Leo Leike e a "senhora casamento perfeito" Emmi Rothner. O que parece ser uma "briga" se transforma num atração tão intensa entre os personagens que o leitor não consegue desgrudar da leitura.
Gostei muito dessa leitura, mas tenho que confessar que o final me deixou com uma pulga atrás da orelha...(Claro que não vou contar! Quero deixá-las curiosas pela leitura!)
Para aumentar ainda mais o interesse de vocês por tal leitura, quero terminar minha Segunda Resenha Literária (Me achando uma blogueira literária!) com a bela frase de Leo Leike...
"Escrever é como beijar, só que sem os lábios. Escrever é beijar com a cabeça."   (Pg. 76)
Agora é com vocês meninas!
Leiam essa intrigante história de @mor e me contem o que acharam!

Beijinhos!

7 comentários:

  1. Ahhh,
    eu amei adorei esse livro. A leitura flui bem rápido mesmo, né?

    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Gente que final foi aquele né ?! E aqueles quase ?
    Uma leitura diferente que nos tempos de mesmice chega a ser um oásis :-)

    Bjs

    Simone (Luka)
    Quem lê faz seu filme

    ResponderExcluir
  3. Que bom que você gostou do livro, infelizmente o mesmo não aconteceu comigo, classifiquei ele como : esquecível.
    Uma pena!
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  4. Mi, que legal!!!
    Gostei! Vc deveria fazer mais posts assim! Fiquei com vontade de ler o livro! :)

    ResponderExcluir
  5. Dica anotada!

    Bjos e bom final de semana =*

    ResponderExcluir
  6. Oi My!
    Só de ler sua resenha já fiquei com vontade! leitura boa é aquela que te prende e quando você percebe já acabou! ^^
    Bjs, Ci

    ResponderExcluir
  7. adoooreii mY!!! SUAS DICAS SEMPRE BOAS!!


    http://amaleras.blogspot.com.br/2012/10/prorrogacao-sorteio.html

    beijokas!

    ResponderExcluir